SOBRE A PARIZI



Um grupo com foco em moda jeanswear, alta qualidade e criação de novas tendências para todo o Brasil.

VESTIR BEM E COM ESTILO, ESTA É A NOSSA PROPOSTA.

Pioneira no segmento infanto-juvenil fabricamos peças modernas e leves, com acabamento impecável vestindo os pequeninos desde os primeiros passos até a galera Teen.


CONHEÇA MAIS SOBRE A PARIZI

LOOKBOOK


VEJA MAIS LOOKBOOKS

POSTS RECENTES


Destroyed jeans

Jeans nunca sai de moda, e sempre aparecem novas formas de usar, uma dessas formas sempre vai e volta, e atualmente está super em alta… é o destroyed jeans, ou jeans rasgado. Um jeito estiloso de sair nas fotos ou … Continuar lendo

Séries!

Ultimamente as séries tem conquistado um bom espaço nas rodas de conversas, quem nunca ouviu falar de The Walking Dead, Game of Thrones ou tantos outros nomes? É por causa disso que vamos indicar aqui uma lista das series do … Continuar lendo

#Rio2016

“O importante não é vencer, mas competir. E com dignidade” Os jogos olímpicos são o maior evento do planeta, o único evento capaz de reunir mais de 200 países, deixando de lado guerras e ideias, unindo todos com os mesmos … Continuar lendo

Playlist Parizi

Final de semana chegando e com ele as festinhas com a galera, reunião com a família ou os estudos de volta às aulas. Não importa o programa, ele merece uma boa playlist pra acompanhar seja ouvindo, cantando ou dançando muito! … Continuar lendo

Coleção primavera verão 2017!

Nos encantamos pelas belezas do Rio de Janeiro e nos instalamos aqui para divulgar esse deslumbre de coleção. Os bebês e pequeninos de 1 a 3 anos foram clicados em um estúdio no Rio de Janeiro e a galerinha de … Continuar lendo

O Rio de Janeiro continua lindo

“O Rio de Janeiro continua lindo O Rio de Janeiro continua sendo O Rio de Janeiro, fevereiro e março Alô, alô, Realendo – aquele abraço!” Alô, alô pessoal, ao som de Gilberto Gil, damos início a nossa coleção primavera verão … Continuar lendo

Receita da vovó

Receita da vovó? Siiim, hoje nosso blog é especialmente sobre receitas caseiras que sua avó sempre tem na manga para te oferecer. E não estamos falando daquele bolo delicioso que só sua avó sabe fazer Se você tiver algum problema, … Continuar lendo

Jogos rápidos!

Entre os bodes que comeram suas orquídeas premiadas, seu sucesso profissional no jogo da vida, e as armadilhas do senhor Mostarda com a senhorita Rosa no detetive, damos início a mais um post no nosso blog😉 É difícil encontrar alguém … Continuar lendo

Arrume suas gavetas!

A avó disse “suba, arrume suas gavetas e após fazer isso você terá a solução” Sabe quando parece que passou um tsunami no seu quarto? Quanto tudo está de ponta cabeça e você nunca encontra nada? Pois é, sabemos bem … Continuar lendo

Cuidados com a pele!

Uma das melhores partes de ir a uma festa é a preparação, e a maquiagem, sem dúvidas, é uma parte muito gostosa de ser feita. Só não podemos esquecer de retirar tudo antes de dormir. Inúmeros são os estudos que comprovam … Continuar lendo



marca blog do lojista

Marketing nas redes sociais para PME: alavanque suas vendas!

marketing-nas-redes-sociais-para-pme-alavanque-suas-vendas-430x300

As redes sociais não revolucionaram apenas o dia a dia das pessoas: elas também inovaram (e muito!) a rotina das empresas. Facebook, Twitter e Instagram são apenas alguns dos vários canais de comunicação capazes de otimizar o contato das empresas com seu público, tarefa valiosa para os negócios. Apostar nessas mídias é uma excelente estratégia para as PMEs, que podem obter um ótimo retorno com pouco investimento.

No entanto, para fazer um bom marketing nas redes sociais é preciso acertar na abordagem e seguir algumas recomendações. Já viu como a opinião de um cliente insatisfeito pode repercutir rápido na internet? Pois é, um simples erro publicado na rede pode ser o suficiente para danificar a imagem de uma PME e comprometer seus planos a longo prazo.

Para te ajudar nessa inclusão digital, reunimos aqui algumas das melhores práticas para otimizar seu marketing nas redes sociais e alavancar suas vendas! Confira:

Escolha bem as redes

Todos os dias surgem novas plataformas online que caem no gosto popular. Mas calma: isso não significa que você tem que estar em todas elas! Observe os hábitos do seu público e busque atuar nas redes sociais que ele mais costuma interagir. Considere também a área de atuação da sua empresa e as redes que possuem identificação com ela. Um negócio de moda, por exemplo, funcionará muito mais no Instagram do que no Twitter.

Poste com frequência

Você já deixou de seguir uma página no Facebook porque ela parecia não oferecer nenhum conteúdo? Isso acontece porque uma página desatualizada fica com cara de abandonada se a última publicação aconteceu há algum tempo. Nas redes sociais, tudo acontece em tempo real, então certifique-se de postar conteúdo pelo menos uma vez ao dia. Isso permitirá que o seu público tenha mais contato com a sua marca, o que pode gerar mais interações e, consequentemente, mais oportunidades para o seu negócio.

Produza com antecedência

Não é porque recomendamos publicar com frequência nas redes sociais da sua empresa que você precisa passar o dia inteiro fazendo isso. Na verdade, a maioria das plataformas permite que as publicações sejam agendadas, garantindo que você publique apenas nos horários que o seu público está mais conectado, por exemplo. Para fazer isso no Facebook e no Twitter, você pode usar oHootSuite, uma ferramenta que permite monitorar tudo ao mesmo tempo.

Responda comentários e mensagens

Ninguém gosta de ser deixado "no vácuo", não é? As redes sociais são uma ótima forma de facilitar o vínculo entre pessoas e empresas, e isso significa que o seu público vai querer uma resposta eficiente. Portanto, ative as notificações desses contatos no seu smartphone ou via e-mail para se certificar que nenhuma interação fique sem resposta.

Acerte na identidade visual

A cara do seu perfil no Instagram ou da sua página do Facebook diz muito sobre a sua empresa. Por isso, não abra mão de um cuidado extra com os layouts e demais elementos visuais. Se o seu negócio está relacionado à moda, isso significa atenção redobrada: jamais publique fotos sem antes realizar um tratamento adequado, ajustando o brilho, o contraste e o foco da imagem. Lembre-se que uma imagem de baixa qualidade pode tirar todo o mérito da sua marca.

Invista em anúncios

Publicar conteúdo de maneira convencional e contar que ele apareça para todos os seus seguidores é sempre uma aposta arriscada. Ao investir em posts pagos, no entanto, você não só garante que o seu conteúdo chegue a mais pessoas, como também pode escolher nichos específicos da audiência – aquelas pessoas que se identificam mais com os seus produtos. Esse é o melhor caminho para alavancar suas vendas sem precisar de muito investimento!

Preparado para começar seu marketing nas redes sociais? Curta nossa página noFacebooke continue acompanhando nossas dicas para aumentar o sucesso do seu negócio!

7 dicas para tornar o controle de estoque de sua loja mais eficiente!

x-dicas-para-tornar-o-controle-de-estoque-de-sua-loja-mais-eficiente450x300

Você já deve ter escutado que estoque parado significa dinheiro parado. Esse é um ditado verdadeiro, pois não saber quais itens você possui estocados, ou mesmo a quantidade disponível de cada um deles, pode gerar sérios problemas operacionais e financeiros. Afinal, o controle de estoque permite gerenciar melhor as compras, reduzindo problemas de vendas por falta de produtos ou mantendo a qualidade das mercadorias armazenadas. Quer melhorar seu controle de estoque? Confira agora essas 7 dicas que separamos para ajudar você a ser mais eficiente e lucrar mais no seu negócio: Avalie seu estoque É fundamental saber detalhadamente o que você possui em estoque, peça por peça. Esse levantamento permitirá identificar a quantidade de cada produto estocado, permitindo um olhar mais atento em relação aos que apresentam maior saída e aos que estão em baixa no estoque. Lembre-se que não existe um controle eficiente de estoque sem um levantamento prévio das entradas e saídas de produtos. Registre todas as informações É importante ter registrado todos dados sobre a quantidade, o custo de cada item e a data de chegada das mercadorias. Fique atento também aos dias de maior saída e registre o tempo em que cada produto fica no estoque. Tal estratégia ajudará você a controlar melhor as saídas e entradas de mercadorias, além de permitir um planejamento específico para o seu negócio. Mantenha as informações atualizadas Não importa se a loja está super lotada ou se você está sem tempo: é essencial manter uma rotina de registros atualizada com todas as entradas e saídas de produtos! Atualmente, podemos contar com ferramentas online para facilitar esse processo. Elas podem ser acessadas de qualquer dispositivo conectado à rede, ajudando a manter um controle atualizado, em tempo real, de todos os itens que entram e saem da sua loja. Isso evitará a perda de vendas e o desperdício de produtos de coleções sazonais. Realize inventários constantemente O inventário é o que garante a conferência de todos os itens no estoque. Primeiro os produtos são contados e, depois, comparados à quantidade existente no sistema. A realização de inventários é uma estratégia que auxilia a identificar falhas decorrentes de extravios ou de manipulação inadequada do sistema. Após essa identificação, é possível corrigir e evitar que os erros voltem a ocorrer. Recomenda-se que os inventários sejam frequentemente realizados para garantir a veracidade das informações e a atualização constante dos dados. Negocie com seus fornecedores Lojistas estão em contato direto com seus fornecedores diariamente e, por isso, costumam ser negociantes de mão cheia. Na hora de tratar da compra de produtos e negociar com fornecedores, sempre leve em consideração o seu estoque. Além do preço, atente-se ao prazo de entrega e de pagamento, tendo em mente o fluxo de movimentação das entradas e saídas de produtos do estoque. Por fim, tente negociar a compra e entrega dos produtos de acordo com a demanda dos clientes – o conhecido método just in time. Com isso, você só pagará pelo que usar e não ficará com o dinheiro parado em estoque! Fique de olho no timing A sazonalidade é um dos itens mais importantes na gestão do estoque. Ao planejar seu controle de estoque, considere quais épocas do ano podem ter maior demanda por certos produtos, bem como quais períodos apresentam baixa na venda de outras mercadorias. Para isso, é necessário se antecipar e prever o estoque de acordo com a sazonalidade do seu negócio. Essa estratégia evitará comprar itens que não atendem certos períodos do ano, ou que acabarão abarrotando o estoque. Use ferramentas de gestão Como você viu, manter todas as informações sobre o seu estoque atualizadas em tempo real é fundamental para entender o processo de vendas do seu negócio, garantindo decisões de compra mais acertadas, evitando prejuízos e gerando mais lucro para a empresa. Por isso, utilizar um sistema de gestão de estoque é a forma mais segura e eficiente de evitar falhas humanas e garantir um controle rígido de todas as entradas e saídas de mercadorias do estoque. Preparado para gerenciar seu estoque com muito mais precisão? Tem dúvidas ou sugestões? Deixe deixe seu comentário abaixo e participe!

Como motivar a equipe de vendas e alavancar o seu negócio

como-motivar-a-equipe-de-vendas-e-alavancar-o-seu-negocio-450x300

A motivação é uma característica de pessoas satisfeitas e engajadas com o perfil organizacional. Ela está diretamente ligada ao nível de produtividade do trabalhador, que é ainda maior quando ele acredita na empresa e se dedica diariamente a obter os melhores resultados. Contar com trabalhadores motivados, engajados com o sucesso da empresa e que executam suas funções com entusiasmo é o desejo de todo empreendedor. Talentos assim são ainda mais valorizados no setor comercial, onde essas características precisam se realçar o tempo todo. No entanto, esse nível de determinação e comprometimento não é alcançado de uma hora para outra: é preciso que a empresa esteja preparada para adotar estratégias que motivem sua equipe de vendas. Só assim ela conseguirá não apenas bater as metas estipuladas, mas também superar expectativas e alavancar seu negócio. Quer saber como motivar a equipe de vendas da sua empresa? Confira agora 5 dicas imperdíveis que separamos para você: Cuide do clima organizacional Zelar pela qualidade do clima organizacional é uma prática essencial para assegurar o êxito dos trabalhos desenvolvidos na empresa. Um ambiente tranquilo, organizado, que preza pelo respeito e cordialidade, só contribui para a melhoria das relações interpessoais. Afinal, colaboradores satisfeitos desenvolvem uma atmosfera colaborativa e propícia ao diálogo, desempenhando melhor suas funções. Estimule o trabalho em equipe Você com certeza já ouviu dizer que a união faz a força, não é? Pois com o seu time de vendas não é diferente. O trabalho colaborativo é muito mais eficaz do que o realizado individualmente, então contar com uma equipe coesa e solidária, que trabalha em conjunto e compartilha metas, é fundamental para o sucesso das vendas. A troca de ideias, de experiências, o aconselhamento quanto às melhores técnicas praticáveis e a busca pelo mesmo ideal favorece o desempenho da equipe, gerando ganhos mútuos. Uma boa tática para estimular o trabalho colaborativo é estabelecer metas em grupo e estipular recompensas que também serão usufruídas por toda a equipe (uma viagem em grupo, por exemplo). Estabeleça metas desafiadoras Outra excelente forma de motivar a equipe de vendas é estabelecendo metas desafiadoras. Objetivos elevados tiram a equipe da zona de conforto e exigem que todos deem o melhor de si para alcançá-los, o que incrementa o empenho e a motivação do grupo. Mas cuidado: ao fixar as metas, certifique-se de que elas sejam razoáveis e possíveis de cumprir. Objetivos inalcançáveis só irão gerar frustração e desânimo, desestimulando os funionários. Portanto, na hora de estipular resultados, leve em conta o número de colaboradores, os insumos, a tecnologia disponível e o tempo hábil para atingi-los. Recompense o desempenho alcançado Se você estabeleceu metas audaciosas e seus colaboradores se empenharam para alcançá-las, nada mais justo do que recompensá-los pelo esforço. Mas calma! Isso não se trata necessariamente de aumentar gastos em período de crise, e sim de realizar um investimento a longo prazo num setor estratégico da sua empresa: o pessoal. A recompensa não precisa ser grandiosa. Basta mostrar à equipe que a empresa sabe reconhecer o esforço do grupo e está disposta a recompensar condutas proativas e vitoriosas. Esse comportamento certamente motivará seus vendedores a se esforçarem cada vez mais para atingir os objetivos traçados. Ofereça cursos e treinamentos Por último, mas não menos importante, vale ressaltar a importância de investir no aperfeiçoamento funcional dos seus colaboradores. Além de gerar ganhos em eficiência e qualidade dos serviços desenvolvidos, adquirir novos conhecimentos e desenvolver novas técnicas também contribui para incrementar a autoestima do trabalhador. Isso elevará o nível de satisfação dos funcionários, motivando-os a realizar suas funções com ainda mais afinco. Gostou das nossas dicas sobre como motivar a equipe de vendas para alavancar seu negócio? Tem alguma experiência legal para contar? Deixe seu comentário e participe!

Como montar uma vitrine atraente para a minha loja?

como-montar-uma-vitrine-atraente-para-a-minha-loja-450x300

A vitrine é um item essencial para toda loja. É através dela que o consumidor terá o primeiro contato com a sua empresa, com os seus valores e com os produtos que você oferece. Por isso, ter uma boa apresentação é o primeiro passo para atrair e fidelizar clientes, aumentar suas vendas e otimizar seus lucros.

Veja em nosso post como montar uma vitrine atraente e imbatível!

Use bem o espaço

A área disponível é a primeira limitação na hora de planejar como montar uma vitrine. Como nem sempre dispõe-se de um espaço amplo, tenha em mente que menos pode ser mais: evite abarrotar a vitrine de produtos e procure deixar um espaço de pelo menos 10 centímetros entre as peça. Para isso, agrupe itens pequenos em grupos e destaque as grandes peças em manequins.

Invista em exposições temáticas

Temas são uma ótima forma de chamar a atenção dos visitantes. Varie as peças expostas de acordo com a estação, com as datas comemorativas ou com alguma outra temática que tenha a ver com a sua marca. Outra opção é usar temas esportivos ou baseados em um produto de destaque: uma loja de artigos esportivos, por exemplo, pode aproveitar as Olimpíadas para decorar sua vitrine e promover um tênis de corrida. O que vale aqui é a criatividade!

Crie uma paleta de cores

Por se tratar de um espaço visual pequeno, é necessário equilíbrio no uso das cores. Use uma paleta de no máximo cinco tons, com uma ou duas cores de maior destaque. O excesso de informação visual causado por um número exagerado de cores pode afastar os visitantes.

Mude pequenos detalhes

No geral, uma vitrine pode ser mantida por até uma semana sem perder a vitalidade. Porém, para garantir sempre aquele ar de novidade, procure trocar pequenos itens diariamente. Isso passará a sensação de uma exposição bem cuidada, que recebe a atenção dos proprietários e que está sob constante atualização.

Avalie seu público-alvo

Fazer pesquisas com os seus clientes ajuda a entender qual é o seu público e o que ele procura em uma exposição. Se o seu cliente padrão é mais velho, por exemplo, monte uma vitrine mais sóbria, com cores calmas e neutras. Caso o foco da sua loja seja a clientela jovem, invista em uma frente de loja com aspecto inovador, dinâmico e enérgico.

Foque na iluminação

Uma vitrine bem iluminada exala dinamismo. Certifique-se de que todos os cantos da exposição estejam bem claros, sem áreas escuras ou vazias. A luz também pode ser usada para dar mais destaque a determinadas peças: enquanto a iluminação geral deve usar lâmpadas de luz branca, que atraem a atenção do cliente, itens mais nobres podem ser destacados com spots de luz amarela, mais confortável e menos agressiva.

Destaque pontos nobres

Mesmo um espaço pequeno possui pontos nobres de exibição. Por isso, para dar ênfase às suas melhores peças, utilize as áreas que se situam na altura dos olhos do consumidor, geralmente a 1,60 metros de altura do chão.

Saiba o que não fazer

Tão importante quanto saber o que fazer é saber o que evitar. Jamais deixe sua vitrine suja, mal iluminada, com preços desatualizados ou com peças que já não estão mais em estoque. Essas práticas transmitem uma imagem de descuido com os produtos e descaso com o cliente, o que causa desconfiança e prejudica a reputação da sua marca. Lembre-se que a opinião do cliente vem sempre em primeiro lugar e que uma boa reputação é essencial para se destacar da concorrência!

Gostou das nossas dicas de como montar uma vitrine atraente? Fez algo diferente que funcionou na sua loja? Conte pra gente nos comentários!